Fabrico Aditivo

FABRICO ADITIVO (IMPRESSÃO 3D) 

Processamento de pós avançado: atomização a gás árgon através de fusão por indução a vácuo

Na Praxair, os pós para fabrico aditivo não são meramente uma matéria-prima, são uma especialidade. De facto, as nossas instalações de fabrico de pós líderes do sector aliam tecnologia superior com capacidade e qualidade.

Desde as nossas instalações que se dedicam à produção de pós metálicos e cerâmicos, até pós esferulados de livre dispersão atomizados a gás; desde produtos químicos e dimensões desenvolvidos à medida, até ajudar a obter a aprovação de classificação aeroespacial a Praxair está extremamente empenhada no fabrico aditivo.

fabrico aditiva

Pós metálicos de elevado desempenho + Gases atmosféricos de elevada pureza

Quando se trata de produtividade, a Praxair proporciona-lhe a melhor combinação: décadas de experiência em sistemas de fornecimento de gás para controlo atmosférico de processamento de materiais e liderança mundial no fabrico de pós especializados para fabrico aditivo. Por outras palavras, a Praxair tem capacidade — como nenhum outro fornecedor — de satisfazer as suas necessidades no que toca ao fornecimento de pós e gases para os seus processos de fabrico aditivo.

Árgon Árgon Árgon

O árgon é utilizado na produção de muitos pós metálicos especializados por atomização a gás para fornecer a atmosfera o mais inerte possível. A temperaturas elevadas, necessárias para um grande número de processos, o oxigénio e o azoto irão reagir com muitos materiais avançados, formando nitretos e óxidos metálicos prejudiciais, que dão origem a inclusões e outros defeitos nos produtos finais.

O processo de impressão 3D envolve o aquecimento localizado de metais. Durante o rápido processo de aquecimento e arrefecimento, o material pode estar sujeito a ataque químico e a tensões termicamente induzidas. O árgon irá evitar a oxidação do metal e outras reações, podendo limitar o impacto das tensões. O árgon pode ser misturado com outros gases para criar misturas especializadas, conforme necessário.

Azoto Azoto Azoto

O azoto pode ser utilizado em processos de atomização a gás nos quais os metais a ser atomizados são, por natureza, menos refratários ou não reagem para formar nitretos. O azoto pode também ser utilizado como parte do circuito de reciclagem de gases mais dispendiosos, como o árgon ou o hélio. 

O N2 pode ser utilizado em diversos materiais para evitar a oxidação do metal durante o processo de impressão 3D. O azoto tem igualmente a vantagem de ser menos dispendioso em comparação com outras alternativas de gases e é adequado para processamento de materiais menos reativos.